Nossos projetos de pesquisa são focados na área de ornitologia e ecologia, e são baseados tanto nos dados coletados durante o monitoramento de longo prazo, como em dados externos, como de parcerias e disponibilizados por plataformas de ciência cidadá, como e-bird e wikiaves.

Aves não tão residentes” é um projeto que visa elucidar questões de comportamento migratrórios das espécies de aves brasileiras, e usa dados de ciência cidadã disponibilizados na plataforma e-bird. Algumas perguntas como “quais aves brasileiras são realmente residentes de uma mesma área” , “qual a potencial distância de descolamento anual de espécies de aves brasileiras migratórias” e “quando cada espécie muda de ambiente” são contempladas neste estudo. Importantes questões para a conservação das espécies como, quais habitats cada espécie usa, qual a época do ano em que uma espécie de ave sai de uma área e passa a ocupar outra, quais os fatores ambientais associados à tais movimentações e outras precisam ter o conhecimento sobre movimentação anual das espécies como base para desenvolvimento. Para saber mais sobre o projeto você pode escrever para pmartins@oama.eco.br.

Estratégias de muda em aves da Mata Atlântica” é um projeto que tem como objetivo identificar e categorizar os padrões de troca cíclica de penas (muda) das espécies de aves que ocorrem nas áreas de estudo do OAMa. A muda de penas é uma atividade indispensável e regular em todas as aves, e tem importância na história evolutiva e ecológica das espécies. Além disso, a atividade de muda tem uma alta demanda energética do indivíduo, e as espécies precisam adotar variadas estratégias para conciliar a muda das penas com as demais atividades vitais, como movimentação e termoregulação. Para este estudo usamos dados coletados durante o monitoramento de longo prazo do OAMa além de realizar visitas à museus e fazer revisões da literatura pertinente. Para saber mais sobre o projeto você pode escrever para lfigueira@oama.eco.br.

Aves da Mantiqueira” é um projeto para a compilação de uma lista compreensiva das espécies de aves que ocorrem ao longo de todo o Mosaico da Mantiqueira. A diversidade de aves na Mata Atlântica é bem reconhecida, e a Mantiqueira é uma cadeia de montanhas que abriga grandes áreas ainda protegidas e preservadas. Por sua característica de montanha, com grande variação altitudinal, a região da Mantiqueira tem alta biodiversidade, e identificar e catalogar as espécies que ocorrem na região é um passo importante para entendermos as relações interesecíficas e entre as aves e o ambiente. Para saber mais sobre o projeto você pode escrever para rjusto@oama.eco.br.